Eu nunca entendi… o Reginaldo Figueiredo

Pessoas independentes

tecem laços recíprocos

aprendendo e ensinando

suas vidas estão mudando

chegou um novo tempo

Reginaldo Figueiredo

Reginaldo

Houve um tempo no qual eu desconhecia alguns dos múltiplos lados da poesia. Era um admirador de Bandeira, Drummond e tantos outros poetas canônicos, lugar do poema era em livro, onde eu desejava um dia também ser publicado, quem sabe lido, quem sabe ainda mais ser lembrado pelo meu modo peculiar de juntar as palavras na folha.

Isso foi o antes, depois eu entrei para o Templo da Poesia, vou-lhes explicar, o Templo da Poesia, principiou de um encontro de três figuras admiráveis, Reginaldo Figueiredo, Ítalo Rovere e Ana Lourdes de Freitas, esse encontro desaguou na inauguração de um espaço no centro da cidade de Fortaleza,  local onde as/os poetas da cidade e artistas em geral começaram a se encontrar em saraus muito peculiares chamados Palco Aberto.

Esse Palco possuía algumas regras, depois aderiu totalmente a liberdade, sem inscrições, sem programações, foi o lugar em que várias mulheres, homens, meninas e meninos, dividiram o seu amor pela poesia e pelo o encontro.

A vida, junto com a Dançarina, Poeta e amiga Patrícia Lopes, levaram-me ate´esse lugar. Foi onde tudo mudou, minha poesia, meu modo de estar no mundo, minha percepção, o Templo da Poesia foi a verdadeira Universidade que carecia para minha formação humana.

547581_528513470534604_1589104814_n

Nessa universidade poética conheci Reginaldo Figueiredo, um homem com um trajetória peculiar, que aos poucos foi mostrando o percurso de sua vida para mim, contundo sem parecer acorrentado na história de sua vida, era um ser Heraclitiano, fluía tranquilamente nas tardes dentro do Templo, onde nos encontrávamos, como flui um rio entre pedras antigas. Águas sempre novas em um terreno sempre o mesmo.

Reginaldo Figueiredo, andou por aí, teve muitas venturas e desventuras, participou das lutas populares pela moradia, ingressou nos planos da educação pela arte ou educação pela vida, sua história de vida, encantou um grupos de jovens com seu discurso direto, sua afetividade sempre presente, juntou pedras até  fazer um caminho certeiro para poesia.

No meio do caminho eu estava, aprendi com meu amigo poeta um monte de coisas das quais eu desconfiava, sua poesia não era apenas um amontoamento de palavras, seu poema tem sempre vida por de dentro. Isso me impressiona. Antes dele eu era um jovem presunçoso, como somos na maioria das vezes quando somos jovens, depois dele aprendi a escutar a fala de todas as pessoas, pois uma/um grande poeta, é o homem do sentimento.

Poesia depois de Regi, pra mim passou a ser a palavra com sentido.

A palavra sem sentido, pode até virar um poema, nunca vai acontecer em poesia.

Vou Fazendo

Nunca ajudei a ninguém,
Tudo que faço é pensando
Em meu próprio bem.

Em toda terra onde piso
Quanto mais material acumulo
Mais prisão, mais muro.

Quando penso em algo
Que não vejo,
Em algo em que
Ninguém pode pegar,
Sinto-me livre,
Livre em qualquer lugar,
Livre para voar.

Reginaldo Figueiredo

Em Reginaldo Figueiredo um poema é uma revolução, não dessas em que um Estado é derrubado para se instaurar outro tipo de Estado, é uma revolução do ser, um mergulho sem voltas para dentro de si. Ele não fala de outra assunto a não ser dele mesmo, ao falar em si, proporciona o si de cada um de nós entrar em comunicação com o universal. A Poesia do Regi é uma experiência estética e espiritual, não é possível separar esses dois elementos na obra do poeta.

485760_401981279826210_898041835_n

Quando um homem alcança esse estado de poesia, tudo que ele toca é transformado, uma tarde me balançando na rede, conversado com esse meu amigo, vale por muitas horas de leitura de texto, Regi me oferece a leitura da palavramundo, aquela tão citada pelo Paulo Freire, Regi é um desses seres onde vida e obra se encontram. Quem tiver ouvidos que escute.

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s